sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Coragem.

Hoje, especialmente hoje, me dei conta de como é difícil ser alguém, e não estou dizendo por médicos, advogados, engenheiros. Difícil mesmo é dominar um talento ou dom e conseguir mostrá-lo ao próximo.
Difícil é ser o estudante (ao contrário dos que pensam que tem domínio sobre isso), difícil é também se envolver com a arte (ao contrário doss que pensam que é perca de tempo), difícil é não se deixar corromper pelo conveniente, é depender de exatas e confiar na própria inteligencia, difícil é desistir do sonho de alguém para lutar pelo seu, é responder por mais vidas que não a sua, mas muito mais difícil é lutar pelo que você mesmo não acredita!

Se o que você faz, não é o que você gostaria de estar fazendo.
É porque você acreditou num NÃO e não deu ouvidos e confiança a si mesmo.
Você pode ser o que quizer.

Beiijos (dia da emoção)

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

DIFICUULTAM!

De tudo que tenho lido por aí o que mais fez sentido foi um texto do Afonso Padilha (Em?Padilha) falando de pessoas que choram de barriga cheia.
Caralho!!! Tem gente que complica mesmo pra dizer o quanto a vida é difícil.

Puta que Pariu é foda, mas não precisa ser Norris tmb...
Saindo de casa pra pegar onibus (já é pra fode). Ok, vc não existe pq a merda do onibus passa direto por vc (otário). | Chega da aula que ja é depê e não tem aula e vc mora ali, a 20km, da até pra voltar a pé de tão feliz q a gnt fica. Maas tuuudo bem, vc tem que ficar pra aula da noite, aproveite as suas 4h para naada. | Depois do seu dia super produtivo chegue em casa as 23:30 e adivinha?? NÃO TEM COMIDA! (se fodeu). | Vai tomar um banho e para fechar o gás acabou! (se fodeu novamente, vai toma gelado). | Vai dormi? Com o pernelongo tenor no seu quarto (boa sorte amanhã!)
FOI UM DIA PERFEITO! reclama de que! da risada!

Bom queridos, termindando de aproveita minhas 4h sem nada pra fazer.
Me despeço aqui. Leiam. Comentem. Sigam.

Beijos e um apertão na bunda d tds vcs!

domingo, 21 de novembro de 2010

HOLA QUE TAL?!

Permitam-me apresentar-me: (...) Caceete! não preciso falar quem eu sou, ou melhor, eu sou a Ju. mais doque suficiente, sou uma das milhares de Ju's que tem por aí, não sou a Paes, não tenho uma fruta no nome, não tenho um Cross Fox, não canto em nenhuma quadrilha do Pará, não tenho videos no youtube, oks?!
A única coisa que quem vos escreve tem a oferecer é um ponto de vista cruelmente comico e VERDADEIRO do cotidiano, doque importa, doque acham que importa, doque com certeza não importa, doque deveria importar...
E meu Deus do céu, pra que tudo isso??? A questão é: necessidade de escrever, e se possível ser lida.

Garanto, só vai sair merda. Logo logo eu fico famosa e graças a vcs toodos queridos leitores... (cri cri cri)
Prometo solenemente não abandonar essa porra! E postar fielmente e satisfatóriamente toda semana.

E aí, vai encarar??!
Beijo e um apertão na bunda d vcs.